Minha foto

Poeta nascido no Rio de Janeiro. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000 na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009), é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, que teve mais de um milhão de acessos em 2012, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo e publicados em diversas revistas literárias.  (saiba +)

04/04/2013

nem a ufologia mística explica a poesia

a aproximação do poema bom
é meio incrível
mas se sente
assim, exatamente:

um disco voador enorme
vem de cima
sempre de cima
invisível
incrível
insolúvel
indivisível
da nona de Beethoven

pode-se estar pensando no dilema
entre forma e conteúdo
ou outra inutilidade...

e motos cortam com retas
sua vida de sono
em todas as direções

não há você
não é você que faz
nada

nem os intraterrenos
(eram os deuses astronautas?)

Carmina Burana profana o sonho morto
de gastar a vida
acumulando bens
e matando o tempo

cores em profusão

e
depois
decepção:

a prisão não é apenas o escritório!

em todo o universo
exceto no verso
não se pode
beijar a gostosa
ou matar o inimigo

apesar dos literatos antigos
tentarem afastar o simples do genial
Beethoven diz mais em quatro notas
do que toda a crítica mundial

não fode!

e o verso acaba

sorriso

e o verso finda

precipício

e depois de acabado
não era bem isso

Nenhum comentário:

Postar um comentário