29/11/2018

do governador em exercício preso

O problema com o Pezão é o mesmo que todos temos: autocentramento. Pensar primeiro no que nos interessa e dane-se o outro. Todos temos a mão grande do Pezão.

28/11/2018

25/11/2018

do complexo das garotas de ipanema

a desistência é um lago calmo
largo e profundo

s i l e n c i o s o

ainda maior
que o ego das cariocas minimamente belas
que nada tem a oferecer além disto

22/11/2018

eu e minha raiva (ich)

fora dela
quase toda sutileza é fingida
ou provisória

dissolvido lentamente
no calor do estômago

autômato
no espaço mínimo
entre a defesa e o ataque

não terei filhos
para não herdarem isso
e com certa idade
também fingirem
humanidade

20/11/2018

você foi

tinder happn okcupid
tinder happn okcupid
um coito um coice um recorde
um coito um coice um recorde

um cansaço

tinder happn okcupid
tinder happn okcupid

paro

desinstalo

talvez o amor tenha sido
o nosso particípio perdido

e não é pouco
ficar velho e louco
mas com uma leveza laranja
uma certeza laranja
para acalentar esses dias frios:
você foi

há uns 2 ou 3 dias

a chuva cai e arde
como a prolixidade
dos que não tem nada a dizer

13/11/2018

smartphones para idiotas (ou a eleição do bolsonaro)

chegou o tempo em que quase todos tem celular

a maioria não tem esgoto
ou água

a maioria tem fome

mas tem celular

os malefícios do celular só serão divulgados daqui a uns 30 anos
que nem fizeram com o cigarro

mas quase todos com celular
tem whatsapp

no whatsapp qualquer um fala o que quiser
e não responde pelo que disse

no whatsapp seu tio é que passou a mensagem
e seu tio é mais confiável que a globo

o facebook comprou o whatsapp
o facebook foi processado por roubar seus dados

há empresas especializadas em usar estes dados
para mudar seu comportamento:
vender produtos ou políticos

bolsonaro foi eleito

12/11/2018

refúgio

o ovo se quebra sem esforço
e o tempo põe outro novo

todo castelo mundano
ruirá
até o próximo plano
do eu
(doeu)

a depressão é a doença mais necessária de nosso tempo:
precisamos cansar disso

mas o que eu não quero olhar
quando me distraio
com tinder comida videogame coca cola?

não quero olhar o medo da morte dos meus pais
que são o único refúgio
quando rompe a barragem de minha raiva
e as outras relações afundam
(assim aprendi a amar?)

não quero olhar
o vazio triste
da história da infância morta
quando eu chorava ouvindo caipirapirapora

não quero olhar
a tristeza das músicas românticas que não ouço
sem namorar

não quero olhar a morte

mas por simplesmente parar quieto
eu olho:

há de haver algo maior
mais largo e profundo
algo além das breves alegrias do eu-mundo
no verbo amar
sem sujeito
em silêncio
amar mais profundo e verdadeiro
sem eu nem ela nem você
de todos e para todos
sem tempo nem espaço
sem história
e muito além da linguagem

11/11/2018

que flua

aceitar
o fluir sem culpa

as várias mortes
que a vida acumula

sempre foram
sempre serão

todas as estátuas de definitivo
em que gastamos tantas mãos
são aves: passarão

cheias de vida
as mortes
sempre foram
sempre serão

até a tua

09/11/2018

tentando

perceber o vazio é pelas bordas
é principalmente perceber o sonho de um personagem
tentando perceber o vazio

08/11/2018

moro onde mora o moro

moro onde mora o moro
mas meu canto é contra a fome
porque no país do juiz ministro juiz herói juiz salvador
no pais do aumento do judiciário de 30 para 40 mil reais
no país que acha que a escravidão não acabou
no país do aécio livre surrealista
onde pobre sem saneamento vota em fascista
o filho da faxineira e o lavrador do interior
não vão mais poder mais poder fazer doutorado
e a fome piorou

05/11/2018

quando ela finalmente veio

Depois de meditar ela me agarrou e beijou e tudo brilhou muito mais do que em sete anos de meditação. Não fodeu mas foi o melhor quase da minha vida. Ela só andava de calcinha fio dental preta. Isso me encheu a vida de cor. Estava sempre maquiada, alta, corpo perfeito em cada detalhe, seios, cintura, perfume. Acordava linda. Batom vermelho. Cabelo preto liso. Pele branca lisa. Desde que ela foi embora nada tem cor. Marco encontros com outras mulheres e elas vão sem batom sem brincos sem cor. Cabelos desgrenhados. Algumas vezes com remelas. Como amendoim e não resolve. Bebo coca-cola e não resolve. Jogo videogame e não resolve. Compro sorvete e não resolve. Esqueço dela e não resolve. Resolvo escrever e ela parece ainda mais colorida.