Minha foto

Poeta nascido no Rio de Janeiro em 1976. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000 na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009), é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, que teve mais de um milhão de acessos em 2012, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo e publicados em diversas revistas literárias.  (saiba +)

28/11/2016

star

choro ouvindo elis
e vendo filmes infantis

caos e cais

solidão retumba
além do céu
do sol
do espaço
sideral

a vida
me chama
pra cantar

invento o mar
e o sonhador
mas o vazio

(mais)

a vida
a chama
a esquentar

saveiro pronto pra partir
para longe
para longe
para onde?

26/11/2016

adeus, fidel (atestado)

adeus, fidel
você tomou de volta seu país dominado
num barco emprestado

hoje
aqui do lado
o povo vê TV
o povo lê jornal
o povo é informado

o povo espera sentado
os corruptos abrirem mão de seus direitos
(agora legalizados)
e o milagre de se manter no poder
um presidente eleito

24/11/2016

na folha, na tela

só há teu olhar
que nem é teu

a mente range um poema
como se eu
estivesse gasto demais
para isto
mas a paz sorri ao longe
(tão perto)

de certo pingam desta mão
as letras, os fonemas

mas as luzes estão
apenas no seu olhar
de cor

porque só há
o teu coração
maior

21/11/2016

o mesmo

a novinha que passa com a cara fechada sem dar bom dia vem da velhinha simpática que dá bom dia
a novinha que passa com a cara fechada sem dar bom dia vai para a velhinha simpática que dá bom dia
a novinha que passa com a cara fechada sem dar bom dia é a velhinha simpática que dá bom dia

18/11/2016

poeminha pro garotinho em nós

somos todos garotinhos mimados nos debatendo na maca. o mundo não foi como a gente queria, o mundo é chato, feio e bobo. o mundo não vê meu esforço, meu nome, minha vontade... somos todos garotinho.

14/11/2016

espaço

(Para Lama Padma Samten)

educação e método
para sozinho focar num plano
e pouco a pouco
me insensibilizar dos outros

a curva da vida porém
sempre vem

e agora o esforço
é do fundo do lago
do fundo do poço
do fundo do lodo
do fundo da dor

achar o espaço da flor
se abrir em abraço

06/11/2016

amor líquido

nos conhecemos há uma semana
ela me ama
e gozamos junto
mas na quarta-feira ficamos sem assunto

marcou de vir e não veio:
apareceu outro menos feio
no tinder
(que é difícil de rimar)

uma semana depois
(a gente sem se falar)
e ela curtiu minha foto na festa

as rugas na minha testa
porém
tendem a aumentar

04/11/2016

só no facebook (fotos de casal no tinder)

meu olhar em cacos
vagueia os últimos passos
no caos do silêncio

palavras sem bordas e ocas
passos
não me ganham
espaço

enquanto o feito não brota
perco o feitio de afetos
com fetos no coldre

no facebook só há festas
esperança otimismo e confetes

no facebook tem gente feliz

só no facebook