22/10/2020

proparal eleitoganda

os políticos de camisa azul sorriem e prometem 
os pastores de camisa azul sorriem e citam a bíblia 
é preciso acabar com a corrupção - dizem 

20/10/2020

ovo de novo

tento escrever num teclado de letras apagadas 
sob uma luz não acesa 
a grandeza
dos amores que destruí 
perante a estranheza
da dificuldade 
de caminhar um passo 
na direção do amor novo

entre a melancolia e a tristeza

o ente poeta
doente entre
o desejo e o presente

19/10/2020

temporário

 não existe uma palestra que não seja de marketing

os palestrantes se tropeçam nos mouses:
mais dinheiro, mais prazer, mais paixão

eu caminho um pouco mais devagar
por letras tristes

16/10/2020

high score

minha capacidade de relaxar acabou em 1987 jogando street fighter com o ryu pela ducentésima vez seguida com vontade de urinar numa tarde de verão. a geleia que virou meu cérebro agora fica tensa quase sempre e relaxa apenas quando deveria estar tensa. desde então poemas e meditação e tinder e pouca pontuação. 

12/10/2020

perspectiva

não sei se você reparou mas 
os amigos que você tem que cobrar para pagar as dívidas 
que marcam e não vem 
e que quando o alimento é pouco comem escondido 
são melhores longe 

30/09/2020

saí sem máscara

fiz 15 dias em vez de 10
no isolamento da casa própria

meditei e foi bom
(e há muito tempo não era)

então saí sem máscara
para caminhar
imune

o sol ainda existia
e se apresentava novo
depois de cada esquina

e eu com essa vontade de lamber cada corrimão
e cada corpo feminino
ouço o som dos meus passos
e ultrapasso breve os pássaros que me cantam
a tristeza em meu pulmão

tristeza raiva e solidão
que cultivo por hábito de cultivar
até estourar o são
ou a relação

vi um filhote de cobra e várias borboletas

as árvores em cada folha buscam o sol
os homens, o dinheiro
eu, deus

sim, deus, porque testei todas as teorias malucas
e entre a alma e energia ele foi comprovado
por diversas vezes
para minha racionalidade duvidante duvidosa duvidativa duvidadeira

caminho
e na dúvida
faço metabavana
pros feios que dão bom dia e pros bonitos que não dão
(e desejo melhoras na próxima vida de todo cão)

uma árvore me fez carinho com seu cipó
e quase me aceitei em plenitude

a rotina é importante:
agora vou acordar sempre umas 9hs e caminhar
agora vou jantar 18hs pra poder ir na missa das 19hs
agora vou jogar menos videogame
ou não

19/09/2020

da melancolia das doenças

ela tinha agora uns 18
e cabelos brancos nasciam dentre os negros
perto da orelha esquerda

de tanto repetir as mesmas palavras
olhando as mesmas paisagens

todos tendemos a repetir:
os vazios os lugares as saudades

18/09/2020

to the one who knows

relance de ânsia
um ufo em vargem grande
doença como modo de ser cuidado
paisagem da infância

em inhotim um árvore de bronze
é lentamente erguida por árvores reais
e exalo seu silêncio

primeiro perdi o cheiro
depois perdi o gosto

azitromicina me deixando lerdo
sensação de febre sem ter febre
me lembrando
a sensação de vida sem ter vida

(canto com elvis no celular)