17/04/2014

como nasce um poema?

inicia-se com alguma palavra rasgando a pele
prossegue-se afastando as costelas
depois cavando a carne
cavucando órgãos desconhecidos
deixando vazios gritarem
soltando monstros e levezas
com precisão e intuição fonética
chegando ao íntimo cerne do escuro e da luz
muito além de si mesmo

depois acaba
e seu corpo ainda quente
e você fingindo não ter buracos nem cores
como se nada tivesse acontecido

4 comentários: