Minha foto

Poeta nascido no Rio de Janeiro em 1976. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000 na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009), é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, que teve mais de um milhão de acessos em 2012, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo e publicados em diversas revistas literárias.  (saiba +)

24/03/2013

ouvindo Manoel de Barros

procuro de novo nas estrelas

pontos pequenos tão longe

três marias

silêncios de luz
azul
sobre prédios ansiosos

o trânsito segue nas ruas escuras
um rio sem água
sem riso ou destino

o mundo desinventa
o fundo das garrafas pet
mas engarrafamos

dentre revoluções adiadas
e equilíbrios impossíveis
deixamos de ser
a mesma paz das árvores

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Valeu! A poesia acorda e dorme em seu ritmo... Tento não censurar nada, só deixar ela seguir seu ritmo. :)

      Excluir