Minha foto

Poeta nascido no Rio de Janeiro. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000 na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009), é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, que teve mais de um milhão de acessos em 2012, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo e publicados em diversas revistas literárias.  (saiba +)

31/03/2013

dos poemas adiados (técnicas sobre como reinventar o vento)

sente a lente do vazio
sobre teu ser

olhando inerte
teu íntimo mais público

a voz do silêncio:
sábia conselheira

ouve drummond: relê

deixa o poema ser
sem luz sem olhos sem ego
na gaveta
por prazo azedo

fortalece as bordas do poema
que não tem bordas

amadurece o poema
que não é fruta

prepara o poema pra guerra
mas não há guerra

veda o poema contra a crítica
mas, sem ar, ele morre...

adia o poema para a fama após a morte
para o livro perfeito
para o público-alvo
para o ego estelar

mas e a vida agora?

agora,
isto posto,
posto o poema atrasado

Nenhum comentário:

Postar um comentário