Minha foto

Poeta nascido no Rio de Janeiro. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000 na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009), é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, que teve mais de um milhão de acessos em 2012, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo e publicados em diversas revistas literárias.  (saiba +)

09/07/2013

saturno soturno

estico-me em direção ao impossível
(silêncio no longo prazo)

em quantos beijos finitos
desperdicei minha inocência?

corpos enganam
a todos e
a si próprios

dançamos perdidos
com mãos tensas

(anéis nos anulares)

bocas promentem eternidades
com gosto de pó

mas o meu olhar
o meu olhar se repete:
e nunca te deixa só

2 comentários:

  1. Tive que voltar, não me canso de ler essa postagem. É como ficar me olhando, em cada palavra rever minhas perdas e enganos. Gostei muito. Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Milene. Tô justamente com essa sensação do escrito como espelho agora, lendo Bukowski no ônibus. Bj

      Excluir