Minha foto

Poeta nascido no Rio de Janeiro. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000 na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009), é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, que teve mais de um milhão de acessos em 2012, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo e publicados em diversas revistas literárias.  (saiba +)

12/09/2016

paixões em câmera lenta

minhas paixões já sabem
que não têm pra onde ir

eu ainda não

quando meu corpo não some
em silêncio e sumo de pele
e de eu e do tempo

eu ainda insisto em encontros
entre o bocejo, o ódio e o óbvio

eu ainda incesto
entre a compaixão
a depressão e o tédio

eu ainda inseto
entre a parede de sangue
a pele, o beijo e o coito

eu ainda indelével
indeletável
insistente escrevendo de mim

(sem fim)

2 comentários:

  1. E eu fotografo paixões em meu peito
    lentamente esqueço e volto a lembrar.
    Abraço Fabio ;)

    ResponderExcluir