Minha foto

Poeta nascido no Rio de Janeiro em 1976. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000 na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009), é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, que teve mais de um milhão de acessos em 2012, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo e publicados em diversas revistas literárias.  (saiba +)

29/01/2015

vencendo

o silêncio
vem sendo
a palavra

falamos o dia inteiro
com e sem nexo
mas o mais profundo
é o abraço antes do sono
depois do sexo

o forte
de todo poeta:
a sua morte

4 comentários:

  1. O Silêncio é sempre sincero. Por isso o tenho sempre comigo. Eu gosto muito de passar aqui.

    ResponderExcluir
  2. Cris Bremenkamp14/10/15

    "o silêncio
    vem sendo
    a palavra"

    Preciso. Gostei muito deste verso. É o que é na relação entre a palavra e o silêncio... É isso!! O silêncio de onde brotam as palavras...


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente briga pra achar palavras mas quem vence é o silêncio.

      Excluir