17/10/2013

vacuidade

a minha bolha de realidade
esbarra na sua, diferente:
nenhuma existe realmente

Um comentário: